Menstruar ou não?

Eu já discuti essa questão um monte de vezes e achei um assunto legal pra postar no blog (juntamente com a minha opinião pessoal, hehehe).

Vamos deixar claro que estamos falando de mulheres que tomam pílula e emendam ou não uma cartela na outra. Pra ser mais preciso é assim:

- anticoncepcionais com 21 comprimidos, fazendo uma pausa de 7 dias até recomeçar uma nova cartela, para a ovulação e menstruação (exemplos: Diminut, Yasmin, Harmonette, Minigeste, Belara, etc)
- anticoncepcionais com 28 comprimidos, sem pausa para a próxima cartela, suprimindo a menstruação (Minesse, Elani, Gestinol 28, Repogen, etc)

Quando eu estava na 6a. série primária, um dos bimestres era obre reprodução humana, e a professora dizia que a mulher tem não sei quantos óvulos no ovário e que vão sendo libertados um por mês durante toda a sua vida, e quando acabam os óvulos a mulher entra na menopausa (fazendo uma conta ligeira, tendo a menarca aos 13 anos e a menopausa aos 60, são 47 anos menstruando mensalmente, o que fazem 564 óvulos).

Se eu suprimir a menstruação, logicamente vou adiar a menopausa, certo? No, thanks.

Mas faz mal suprimir a menstruação ou não?

Segundo alguns sites na internet (não coloquei o crédito porque apareceu o mesmo texto em três sites diferentes, então fica apenas a indicação que é fruto de pesquisa cibernética), há uma linha de pensamento que me faz pensar na pré-história:

“Não se pode dizer que menstruar é natural. O natural para as fêmeas é quando estar fértil, atrair os machos, copular e tornar a concepção inevitável. Uma mulher que não tem planos de engravidar a curto ou médio prazo pode tranqüilamente utilizar medicamentos para inibir seu ciclo menstrual. Quem quer ficar para sempre sem menstruar, pode passar por cirurgias. Quem não tem certeza ou pretende engravidar no futuro, pode usar anticoncepcionais com os hormônios estrogênio e progesterona de modo contínuo ou medicamentos contraceptivos que contêm apenas a progesterona e costumam inibir o ciclo menstrual. Ambos agem no cérebro, interrompendo a comunicação dele com os ovários e impedindo a ovulação.”

Outros sites dizem que suprimir a menstruação reduz o risco de cânceres de mama, útero, ovários e ainda da endometriose (patologia que faz surgir fora do útero placas que supostamente eram pra estar somente na parede do útero, causando risco de infecção e infertilidade), porque o útero não fica espesso (com as tal placas que depois escamam em forma de menstruação) e também elimina a TPM, as cólicas, a cefaléia, a queda de cabelo, as variações de humor e o sexo doloroso.

Mas ainda assim não me sinto confortável para emendar meu remédio e deixar de menstruar. Então fui buscar o outro lado da moeda, ou seja, a opinião dos profissionais de saúde que são contra o fim da menstruação).

Encontrei a opinião do Dr. Eliezer Berenstein: “a mentruação tem uma importante função sinalizadora que avisa as mulheres de que elas não engravidaram naquele mês e só deve ser interrompida em mulheres que possuam doenças relacionadas ao ciclo, como a endometriose ou cólicas muito fortes. Uma mulher saudável usar remédios é realmente medicina? A mulher é cíclica, o homem não. Tirar esse caráter cíclico é masculinizar um cérebro feminino”.

Temos literatura sobre o assunto, com visão pró e contra. Não li, confesso. E não pretendo ler…

• “Menstruação, a Sangria Inútil”, Elsimar Coutinho. 1996. EditoraGente
• “A Inteligência Hormonal da Mulher”, Eliezer Berenstein. 2001. Editora Objetiva

É fato que a mulher que toma anticoncepcional tem perda da libido. Meu gineco (que cuida de mim desde os meus 18 anos e que eu não consigo substituir de jeito nenhum – e se quiserem recomedação de gineco no centro do Rio, mandem email que eu passo os contatos) confirmou isso. Os hormônios travam a libido, então eu acho que emendando as cartelas ou não, a libido reduz…

Claro que os remédios têm efeitos variados de mulher pra mulher, eu tomei Diminut minha vida inteira e não tive problemas, mas aqui em Portugal substituí pelo Harmonette e não deu muito certo… milhares de problemas apareceram, inclusive as rosáceas. Não tenho certeza se foi por causa do Hamonette, mas foi muita coincidência. Há alguns meses eu troquei pelo Yasmin e não quero outra coisa na minha vida!!! Meu marido diz que acabou a TPM (nunca tive, ele é que fica mais irritado uma vez por mês e coincide sempre com o meu período hehehe), não tenho cólicas, não fico com aquele inchaço desagradável.

Eu voto pelo ciclo 21 comprimidos +7 dias de pausa. Acho que a mulher tem que menstruar, tem que ovular, deixar o organismo seguir aquilo pra que foi feito: ovular e sangrar. Não sou nenhuma mulher das cavernas que tenho que copular e procriar que nem uma coelha. Sou um ser humano evoluído no século XXI e tenho direito a prevenir a concepção.

Acho que o estudo sobre não menstruar é muito recente e não existe uma população estatística a ser estudada sobre as consequências a longo prazo de não menstruar. Espero que até a minha filha ser sexualmente ativa já exista mais estudos sobre as consequências de emendar a pílula ;)

About these ads

9 pensamentos em “Menstruar ou não?

  1. Pingback: Cara menos rosada « Mundança = mundo, andança, mudança

  2. Acho que se voce acha que deve ovular e sangrar, deve parar de tomar yasmin pois ele inibe a ovulação! Se quiser defender algo em que acredita, pelo menos se informe melhor para nao falar bobagem

  3. ana, acho que vc nao entende funcionamento de um anticoncepcional de 21 dias… o yasmin é um excelente anticoncepcional, menstruei normalmente com ele e nao tive dificuldades em engravidar quando parei a contracepçao.
    vc deve pesquisar mais antes de criticar.

  4. O sangramento ocorrido durante a pausa da cartela de qualquer pílula anticoncepcional não acontece por ovulação e sim pela ausência do hormônio contido no medicamento. A mulher que toma pílula, qualquer pílula, não ovula temporariamente enquanto tomá-la. Existem algumas vantagens psicológicas, e, especula-se, físicas para o sangramento entre as cartelas, mas ele não é a mesma coisa que menstruação.

  5. Concordo c as meninas,pelos menos p min so tenho vantagem tomando pilulas e evitando uma gravidez n planeada cmo a minha primeira gravidez

  6. quando a mulher toma anticoncepcional.. inibe o amadurecimento do foliculo.. ou seja, ela nao menstrua quando da a pausa.. ela sangra!.. menstruaçao significa a eliminaçao dos ovulos que nao foram fecundados.. o foliculo demora 14 dias para o amadurecimento e entao ocorre o rompimento do foliculo de graaf.. e o ovo está pronto para ser fecundado.. quando faz-se o uso de anticoncepcionais nao há foliculo nenhum.. eles nao amadurecem.. entao se vc é a favor de menstruar nao tome anticoncepcional.. e eu tomo pilulas sem dar pausa.. é bom demais nao sangrar..

  7. a e outra coisa, eu sinto vontade de fazer sexo todos os dias. entao em mim anticoncepcional nao inibe libido nenhum.. por mim faria amor 3 vezes ao dia. pena nao ter tanto tempo livre assim.. e só posso fazer algumas vezes na semana..

  8. Devemos utilizar a tecnologia a nosso favor! Agora, dizer que os contraceptivos com pausa permitem ovular e menstruar é bobagem! O que ocorre é sangramento por supressão, não é a menstruação normal! Quem quiser ser natureba de verdade, tem que recorrer à tabelinha e ter uma boa poupança, para o caso da tabelinha falhar!

  9. Post é antigo, mas: nem todas as mulheres podem “escolher” sangrar – o que as meninas acima já disseram que não é o mesmo que ovular e menstruar. Pílulas de hormônios combinados são contra indicadas quando há risco de derrames. E quer saber? Minha vida é muito, muito melhor sem menstruação e sem cólicas.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s