“Por que Portugal é maravilhoso?”

Essa foi uma pergunta feita por uma leitora, num comentário de um dos meus posts. Fiquei martelando isso por muito tempo. Sempre penso em sentar em frente ao computador (me recuso a escrever pelo smartphone) e falar abertamente sobre estas questões. Obrigada, cara leitora Isabel, por me fazer estas perguntas. Refleti bastante. Sempre buscava uma … Mais “Por que Portugal é maravilhoso?”

Terceiro termo da Greystone: Como foi?

Oi pessoal, Sei que estou demorando para escrever e estou recebendo várias mensagens relacionadas à Greystone. Não quero ser muito repetitiva, mas vou tentar esclarecer todos os pontos que já foram perguntados nos comentários. Ahh caso tenham sugestões de posts sobre a Greystone, ou qualquer coisa de Vancouver, podem me mandar que escrevo. Vamos ao … Mais Terceiro termo da Greystone: Como foi?

Greystone overview + Trabalho em Vancouver

Oi pessoal!!!! Está cada dia mais difícil ter tempo de escrever no blog. Escola, trabalho e, quando sobra tempo, também tento aproveitar o dia para fazer passeios e ir na academia, mas eu não esqueci esse cantinho delicioso. Depois de escrever o post sobre a Greystone, recebi alguns e-mails pedindo informações, então decidi fazer esse … Mais Greystone overview + Trabalho em Vancouver

Primeira impressão – Vancouver

Ontem (29/04) completou uma semana que cheguei em Vancouver e quero compartilhar minhas primeiras impressões, que são maravilhosas!!! Na verdade, esse post poderia ser dividido em vários outros, pois tenho muito coisa para falar, mas vou tentar ser enxuta. Vamos lá!!! Primeiro de tudo, caso esteja vindo para Vancouver, não esqueça de trazer o guarda-chuva. Se … Mais Primeira impressão – Vancouver

“Vou para Portugal porque as leis trabalhistas aqui ficaram ruins”

Pessoal, tenho lido isso em alguns comentários no facebook, de amigos, de conhecidos, em posts de artigos ou aqueles “prints” que fazem e compartilham. O que me fez aqui adiantar o assunto foi uma pessoa que comentou no post de uma amiga “quero um avô português para me dar cidadania e eu ir embora para … Mais “Vou para Portugal porque as leis trabalhistas aqui ficaram ruins”