Primeira impressão – Vancouver

Ontem (29/04) completou uma semana que cheguei em Vancouver e quero compartilhar minhas primeiras impressões, que são maravilhosas!!! Na verdade, esse post poderia ser dividido em vários outros, pois tenho muito coisa para falar, mas vou tentar ser enxuta. Vamos lá!!!

Primeiro de tudo, caso esteja vindo para Vancouver, não esqueça de trazer o guarda-chuva. Se você já está no plano Canadá, acredito que a essa altura já saiba o quanto chove em Vancouver, caso esteja começando a pesquisar, não esqueça, traga um! O tempo essa semana foi predominantemente ensolarado (I’m a lucky girl), então consegui passear bastante (a dica com alguns passeios irei fazer separado, pois tem muita coisa para contar).

Aqui na parte de cima do mapa, estamos na primavera, mas ainda está bem frio, principalmente se você não está acostumado com o frio e vem de uma cidade tipo o Rio, vai congelar. Essa semana fez em torno de 10 graus nos dias com sol e em torno de 7 graus em dias com chuva. Confesso que estava esperando um clima mais quente.

Continuando a falar sobre o tempo, quem já viajou para Europa e EUA no inverno, sabe que a pele fica bem ressecada no frio. Mesmo que estejamos na primavera aqui, traga creme para as mãos e rosto, principalmente um que alivie a ardência, pois em volta da boca é o lugar que fica mais ressecado e pode até sangrar entre o nariz e o lábio. Então o creme será seu melhor amigo aqui! Como só havia trazido o bepantol labial do Brasil, hoje comprei uma loção oil free  para o rosto de uma marca canadense chamada Marcelle e um creme da Aveeno para as mãos, vou começar a usar e mais para frente dou um feedback deles.

Agora a parte que estou apaixonada, os canadenses. Que povo simpático e educado!!! Acho que não tenho palavras para falar o quanto me apaixonei por eles. De todos que conheci até agora, os mais queridos são os meus anfitriões do Airbnb. Estou sendo hospedada por uma casal, onde um é de uma cidade do interior de Manitoba e o outro de Montreal, ou seja, além de serem fofos, estou treinando muito meu inglês.

Mas se com o meu parágrafo anterior você achou que iria encontrar facilmente canadense aqui, sorry, mas não. Vancouver é uma cidade cosmopolita e você irá encontrar todos os países aqui, é até difícil encontrar canadense. hahahah. Os chineses, é claro, dominam aqui!

Mais uma impressão que estou achando incrível é como eles respeitam a diversidade! Me sinto em uma cidade onde o preconceito, que vemos todos os dias no Brasil, foi deixado no passado. Não há olhar torto para um casal gay, para um negro e nem um fiu fiu para mulher. Sinto que realmente estou vivendo no século 21 agora. Acho incrível sair na rua como você quiser e não ter um olhar torto para te julgar. Aqui você irá encontrar de tudo, então, se quer se mudar para o Canadá, deixei para trás qualquer preconceito que possa ter. Cabelo azul é lindo, batom preto é maravilhoso e sair com saia curtíssima com um frio de 10 graus é ótimo.

Contudo, como nem tudo são flores, toda cidade tem seus problemas e o de Vancouver são as drogas e o alto custo de vida. Acredito que por ser uma cidade com o clima mais ameno, muitos moradores de rua acabam vindo para Vancouver. Você irá encontrá-los por quase todas as ruas de Downtown. Na maioria das vezes eles estão ali pelas drogas ou por problemas mentais, mas eles não mexem com você, ficam sempre na deles, nunca senti medo ou ameaçada por eles. Acredito também que tenha a ver com o alto custo do aluguel na cidade, muitos não conseguiram mantê-lo e acabaram virando homeless. Além da moradia, achei a alimentação cara. Não muito diferente da do Rio, mas estou gastando quase que a mesma coisa do Brasil. Essa semana gastei em torno de 150 dólares, entre supermercado e restaurante, porém mais para frente faço o post sobre supermercado para uma pessoa.

Até agora, estou achando Vancouver linda, principalmente na primavera, as flores aqui são maravilhosas.

Se quiserem saber mais sobre o dia a dia, posto sempre no Instagram – @alinnear.

PS: não falei sobre a Greystone College porque irei fazer um post só sobre meus primeiros dias de aula.

Beijos,

Alinne Rodrigues – @alinnear

 

 

Anúncios

4 comentários sobre “Primeira impressão – Vancouver

  1. Muito bom seus posts, Alinne! estou indo em agosto pra ficar 3 meses em Vancouver, já estou na ansiedade máxima hehe. Queria mais detalhes sobre o local onde está hospedada. Vai ficar todo o tempo no airbnb? o valor compensou em relação as outras opções (homestay, hostel, dividir ape)? se puder, passa o contato de onde está. Quando tem referências é bem melhor. obrigada! bjos

    1. Oi Maíra, tudo bom? Você está vindo para estudar inglês?

      Vamos lá que vu tentar te ajudar com acomodação.
      Esse não foi meu primeiro intercâmbio, então eu já havia ficado e homestay e não gostei. Muitas vezes as casas de famílias são longe da escola, a família não é canadense e nem sempre são as pessoas mais simpáticas do mundo, ou seja, uma roleta russa, você pode ter a sorte de pegar uma família canadense que é um amor.

      Como muitas vezes as casas ficam no subúrbio, dessa vez decidi que queria ficar em downtown e não gastar 1h no skytrain. A minha primeira opção foi o HI hostel que é bem perto da minha escola, contudo, comecei a pesquisar Airbnb e achei um com ótimas recomendações e perto da minha escola. Vou confessar, não foi nada barato, paguei 3 mil e poucos reais por 22 dias, mas jamais irei me arrepender. Fiquei em um quarto só pra mim na melhor localização de Vancouver com um casal canadense que me apaixonei. Ele foram maravilhosos comigo, me pegaram no aeroporto, me ajudaram a fazer a mudança, me levaram para fazer compras no costco, sempre me ofereciam café da manhã (alimentos não estão inclusos no aibnb), fizeram diversas vezes jantar pra mim, me deram um compass card, enfim, não tenho palavras para descrever a sorte que tive, eles são o melhor casal que eu pude conhecer em Vancouver, me ajudaram muito quando cheguei.
      Na comparação de preço, homestay sai muito mais em conta, em torno de 800 dólares por mês já com alimentação, sem precisar comprar nada e nem pagar pra lavar roupa (o que é muito normal em apto aqui em Vancouver).

      Hoje eu moro em um ap que divido com uma brasileira em dtw, achei ele através do grupo do Facebook Vancouver para Brasileiros.

      Caso queira o contato do Airbnb, me avisa! Eles têm ótimas recomendações no site, então, costumam estar sempre lotado, bom reservar com certa antecedência,

      Caso precise de mais alguma ajuda, pode me chamar!

      Beijos,

  2. Obrigada pelas dicas! estou indo estudar inglês sim. Mas é meu primeiro intercâmbio e fico um pouco perdida rs … me passa o contato do airbnb se puder. beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s