Vida pós Greystone – Co-op

Oi pessoal,

Sei que tem um tempo que não escrevo, mas depois que terminei a Greystone e comecei o co-op (para quem ainda está perdido, são 6 meses de curso + 6 meses de trabalho, chamado de co-op) , minha vida ficou realmente corrida, tenho trabalhado bastante. Essa cidade é maravilhosa, mas também é bem cara. Além disso, em dezembro me mudei para um novo apartamento, ou seja, a mudança me sugou bastante.

Mas vamos ao que interessa, como é a vida no Co-op?

Antes de terminar a Greystone eu havia trocado de emprego, trabalho agora em uma produtora de sucos naturais, tipo a Green People aí do Brasil. Decidi continuar nesse emprego, pois eles assinaram meu co-op. Bom, o que isso quer dizer?

Quando terminar a Greystone, você deverá procurar um emprego/estágio na área do seu curso, porém a realidade não é bem assim. A maioria das pessoas que conheci, fazem co-op com survival job (loja/restaurante/valet/etc) por vários motivos, mas o principal é realmente a dificuldade de achar um emprego em um escritório, impossível não é, pois conheço pessoas que trabalham em office.

Quando se trabalha com hospitality, seu cargo deverá ser de supervisor, assistente de gerente, etc, para que seja aceito como co-op. A realidade é que muitas pessoas continuam trabalhando como garçom, mas no formulário de co-op colocam um cargo mais elevado.

Eu preferi continuar na área de hospitality por diversos motivos, óbvio que sinto saudade daquela vida de escritório de segunda a sexta, 8h por dia sentada na frente do computador. Contudo, tive que pensar no meu futuro aqui e decidi, quando me formei, não procurar “estágio”. O principal motivo foi o dinheiro, eu ganho muito mais no meu atual trabalho do que eu ganharia em um office (que seria o mínimo de 11.35 por hora). Meus horário são mais flexíveis, não preciso trabalhar de seg/sex de 9am to 5am (isso me ajudará se eu realmente for fazer BCIT). Enfim, existem outros motivos, mas um decisivo foi realmente gostar do meu trabalho, não é o dos sonhos, é muito cansativo, beleza zero (muito mop e louça pra lavar), mas os prós ganham dos contras.

Se você está vindo pra cá e já está desesperado com o co-op, saiba que não é difícil arranjar uma posição, só basta ter a mente aberta e saber que você poderá trabalhar com hospitality. Para você se acalmar mais um pouco (LOL) a Greystone ajudará você a achar uma vaga. Não sei bem como funciona, pois achei meu emprego sozinha, mas  recebo e-mail deles diariamente com novas vagas abertas. Lembro que no nosso login de aluno no site deles, existe um formulário para você preencher caso não tenha achado emprego, acredito que eles irão te ajudar, não só a achar um vaga, como te orientar em relação ao currículo, como fazer uma entrevista, etc.

Por último e não menos importante, depois que você começa o co-op, a cada quatro semanas terá que enviar um relatório online para eles sobre como anda seu emprego, são perguntas básicas de como está sendo sua experiência.

Acho que é isso, pessoal! Espero que eu tenha ajudado com as dúvidas em relação ao co-op da Greystone.

 

Beijos,

Alinne Rodrigues (@alinnear)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s