Vai morar em Lisboa e não sabe por onde começar?

Em primeiro lugar, comece pela parte burocrática: documentação que lhe permita trabalhar, ter acesso a saúde e educação.

Depois desse pequeno detalhe resolvido, você precisa identificar os seguintes pontos:

  • Quando
  • Onde
  • Quanto

Quando mudar?
Depende da sua realidade. Tem filhos em idade escolar? A partir dos 5 anos de idade, completos no ano que se inicia o ano letivo, a escolaridade é obrigatória.  As escolas estão divididas em 3 “etapas”: EB I, EB II e Secundário. Considere que o ano letivo no hemisfério norte começa depois das férias de verão, ou seja, em Setembro. Mas pra inscrever o seu filho numa escola pública deve fazê-lo entre março e abril do respectivo ano de calendário, conforme regra da escola. Continuar lendo “Vai morar em Lisboa e não sabe por onde começar?”

Fazer amigos em Lisboa – Parte II

Anos depois do primeiro post com este tema, recebi vários emails e comentários sobre o assunto. E senti-me na obrigação de contar como é o meu pensamento hoje em relação a isso.

O que mantém-se:

  • Sim, os portugueses são mais fechados
  • Não, ninguém vai trocar telefone com você na fila do mercado e combinar de fazer um churrascão no fim de semana
  • O humor dos portugueses é mais ácido do que o dos brasileiros
  • Em geral, os portugueses tem uma natureza pessimista

O que eu descobri: Continuar lendo “Fazer amigos em Lisboa – Parte II”

E 2012 finalmente chegou!!

Ontem, pra variar, fazia um dia lindo de inverno em Lisboa, e apesar de ter um cardápio complexo pra fazer pra ceia de reveillón, meu lindo marido me convenceu a dar uma voltinha pelo parque. Não com com um barrigão muito avantajado ainda, tô chegando a meio da espera pra segurar meu baby no colo, e todos os médicos e livros recomendam uma rotina de exercícios leves para todas as gestantes. Porque não ir? Continuar lendo “E 2012 finalmente chegou!!”

E pela primeira vez… fui ao Bairro Alto

Depois de tanto tempo aqui em Lisboa, fui pela primeira vez ao Bairro Alto. E amei! É totalmente diferente do que eu imaginei. Achei que fosse um lugar tipo Praça Vanhargem (reduto tijucano carioca), mas felizmente é outro conceito. Meu marido disse que parece com Ouro Preto. Nunca fui a Ouro Preto, mas se ele diz que é, eu acredito 🙂 Não recomendo o lugar para crianças ou para pessoas cujo espírito jovem está em estado de hibernação. A explicação é simples: é um lugar com muito álcool, nada de conforto, mas um clima muito legal. Existem bares com mesinhas … Continuar lendo E pela primeira vez… fui ao Bairro Alto

Feliz Páscoa!

E mais uma Páscoa em terras lusas. Não comi chocolate devido a uma infecção intestinal que me atacou na 5a. feira (muito obrigada, pizza de cogumelos…) mas se bem que se eu quisesse comprar ontem, véspera de páscoa, um chocolatinho no mercado, ia ter que me restringir aos bombons e algumas das poucas amêndoas que sobraram. Crise? Que crise? Os ovos simplesmente se foram. Acho que a crise não chegou realmente aos bolsos dos portugueses. E isso é bom, claro! Hoje encontrei com uma amiga que trabalhou comigo na Embratel, e ela disse que visitou algumas cidades (Coimbra, Aveiro, Porto) … Continuar lendo Feliz Páscoa!