Mini luso brasileiro falando inglês

Uma das minhas maiores preocupações na mudança para Manchester é a adaptação do Tuco. Ele está adquirindo cada vez mais vocabulário (em português), aplicação de verbos, expressões… E eu fico pensando… será que vai confundir a cabeça do menino? Será que vai traumatizá-lo?

É bem verdade que ele já tem uma veia britânica bem latente. Ele adora músicas em inglês, adora Beatles (juro que eu não o forcei a nada, foi mesmo afinidade dele), o Thomas & Friends e o Tree Fu Tom. Tudo é british.

Além disso, graças aos vídeos infantis no Youtube, ele aprendeu o ABC, os shapes, o solar system, músicas festivas, cantigas infantis… tudo em inglês. E canta tudo. E onde quer que vá, identifica as formas, cores, números, letras… em inglês. Quando isso acontece sempre reforçamos com ele como se fala em português.

Na creche ele tem por semana meia hora de aula de inglês, mas é algo muito light, fala sobre animais, membros da família, mesmo só uma pequena introdução.

Apesar disso, eu fico pensando… será que vai ser traumático pra ele de alguma forma?

Então hoje fizemos um teste.

Na hora do café da manhã/pequeno almoço, fiz uma proposta: filhão! vamos jogar um jogo novo?
Ele ficou todo empolgado: Sim, mamãe!!
– Que tal brincarmos de falar somente em inglês enquanto comemos o pãozinho?

E ele adorou a ideia.

Então começamos a falar. E eu fiquei impressionada como os videozinhos do Youtube não foram perda de tempo. Eu perguntei: do you want some iced tea?
Ele respondeu: yes, I do.

Ao longo da nossa pequena refeição matinal, ele se mostrou interessado em saber o nome de tudo que estava na mesa e repetia. E sabia que morango é strawberry e eu não faço ideia de onde ele tirou isso.

Foi a primeira vez que eu me senti mais tranquila em relação ao Tuco aceitar o inglês como opção de comunicação. Não sei se vai ser assim das próximas vezes que voltarmos a “brincar” de falar em inglês, mas fato é: como eu e meu marido falávamos em inglês entre nós durante o café da manhã, ele prestou atenção, mas não entendeu nada. E sei que ele prestou atenção porque ele passou a brincar com as locomotivas do Thomas & Friends numa língua só dele, e também passou a falar com o Marvin assim.

Vamos ter muito trabalho pela frente, mas acho que vai ser mais divertido do que trabalhoso.

ptukbr

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s